IMG-LOGO
Notícias

Cartório do 1º Ofício de Barra do Garças participa da 2º Edição do Cartório Amigo doando vida

14 de agosto de 2019

 

     O Cartório do 1º Ofício de Barra do Garças, no último sábado (10/08/2019), participou da 2ª Edição do Cartório Amigo, que trata de uma ação social voltada à população, que se resume em um dia de prestação de serviços gratuitos na forma da lei.

 

     A Serventia prestou um serviço de solidariedade e amor ao próximo. No mês de junho foi comemorado o “Junho Vermelho”, uma campanha voltada à doação de sangue. Nesse período do ano costumam ocorrer as férias escolares e universitárias, bem como adentramos ao inverno no hemisfério sul, com ligeira queda de temperaturas, fatores que acabam por aumentar a incidência de infecções respiratórias. Também em virtude desses eventos, costuma ocorrer significativa queda no estoque de bolsas de sangue nos hemocentros.

 

     Objetivando contribuir com a mudança gradual desse quadro, a equipe do Cartório do 1º Ofício de Barra do Garças aderiu à campanha. Cerca de 20 colaboradores estiveram presentes no hemocentro de Barra do Garças para doação de sangue. De acordo com a Coordenadora do Hemocentro, Sra. Nilvinha, no Município de Barra do Garças, os períodos em que mais são demandadas bolsas de sangue ocorrem nas vésperas de festas e eventos locais como: Festival de Praia, Motorcycle e Expoleste, bem como no período de férias (janeiro/fevereiro/junho/julho/dezembro). Ela ainda frisou que, a Organização Mundial da Saúde (OMS), prevê que 3% da população de cada município seja doador frequente, sendo que os homens devem doar a cada 03 meses e as mulheres a cada 04 meses. A cidade de Barra do Garças conta somente com 1,3% de doadores frequentes, ou seja, está muito abaixo da média considerada ideal pela OMS.

 

A DOAÇÃO

 

     O hemocentro atende somente de segunda a sexta-feira. Todavia, devido à campanha, a equipe da UCT de Barra do Garças (enfermeiros e médicos), aderiram à ideia da ação promovida pela Serventia e abriram uma exceção para atenderam os colaboradores no sábado 10/08.

 

     No primeiro momento, os candidatos à doação de sangue fizeram um cadastro com os dados pessoais. Logo em seguida, a enfermeira preencheu uma ficha médica e realizou alguns procedimentos: verificação da pressão, medição da altura, pesagem e teste glicêmico.

 

     A terceira etapa foi uma entrevista pessoal com o médico do centro, em que questiona se o paciente tem algum problema de saúde, se já doou sangue, entre outras perguntas. Neste momento, o candidato a doador recebe a informação se pode ou não doar sangue.

 

     A quarta etapa é a doação. Nesta última etapa, o doador é preparado para começar o procedimento. A doação dura cerca de 05 a 08 minutos, tempo suficiente para encher uma bolsa de 450ml de sangue e salvar até 03 vidas!

 

     Após a doação, os colaboradores repousaram por alguns minutos e receberam um café da manhã reforçado, preparado carinhosamente pela Serventia.

 

     Alguns colaboradores não puderam realizar a doação de sangue, devido alterações nos exames preliminares. Apesar de não doarem, os candidatos foram orientados sobre os motivos das alterações e aconselhados a retornarem em 30 dias para refazerem o teste.

 

SAIBA MAIS!

 

1. Cerca de 450 ml de sangue doado, o equivalente a uma bolsa de sangue, pode ajudar a salvar até 3 vidas.

 

2. O sangue doado não é usado apenas para cirurgias. Os diferentes componentes do sangue possibilitam vários usos para diversos pacientes.

 

3. Menos de 2% da população brasileira doa sangue regularmente

 

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. Esse número fica um pouco abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Ou seja, por aqui, os bancos de sangue operam no limite2. Quando falamos dos números mundiais, apenas uma fração dos 7 bilhões de pessoas elegíveis para doar sangue no mundo efetivamente o fazem 3 e 4.

 

4. Você consegue acompanhar o estoque de sangue dos hemocentros. O doador pode acompanhar o volume de sangue disponível em cada um dos 32 hemocentros do Brasil. Para ajudar os doadores, foi criado um aplicativo chamado Hemoliga, que conecta o doador com hemocentros.

 

5. Adolescentes de 16 e 17 anos podem doar sangue. Fisicamente eles já estão aptos para doar sangue, desde que cumpram todos os requisitos básicos para doação, mas por serem menores de 18 anos, precisam de autorização dos pais ou responsável.

 

6. O sangue é reposto pelo organismo. E rapidamente. Existe sangue suficiente no corpo humano para doar de forma saudável. Além disso, o volume de sangue doado começa a ser reposto no organismo 24h após a doação. Para o homem, o plasma é renovado em até 72 horas; os glóbulos vermelhos em aproximadamente 4 semanas e o estoque de ferro precisa de 8 semanas. Para a mulher, após uma doação de 450 ml de sangue, o estoque de ferro demora um pouquinho mais em comparação com os homens e chega a ser renovado em aproximadamente 12 semanas.

 

7. Doar sangue não é demorado. Em média, na primeira doação, do momento em que doador entra no banco de sangue até o fim de todos os procedimentos, ele gasta em torno de duas horas. Nas próximas vezes, o tempo gasto é entre 60-75 minutos.

 

8. Pessoas abaixo de 50kg não podem doar sangue. O volume total de sangue a ser doado não pode passar de 8 ml/kg de peso para as mulheres e 9 m/kg de peso entre os homens. Logo, para doar até 450 ml, mais os 30 ml necessários para a realização dos exames laboratoriais exigidos pelas leis, a pessoa não pode ter menos de 50 kg.

 

9. Quem tem tatuagem pode, sim, doar sangue. Só é preciso esperar um ano entre a data da tatuagem até a doação. Esse tempo serve como uma medida de segurança para as pessoas que vão receber o sangue, já que durante uma tatuagem, o possível doador pode ficar exposto a alguns tipos de doenças.

 

10. A tecnologia contribui para a segurança do sangue doado. Para diminuir cada vez mais as janelas sorológicas, intervalo de tempo decorrido entre a infecção pelo HIV até a primeira detecção de anticorpos anti-HIV produzidos pelo sistema de defesa do organismo, e identificar novos tipos e evoluções de vírus e bactérias, a Abbott trabalha constantemente na inovação de equipamentos e tecnologias da área de diagnósticos.

 

11. Antes da doação é importante evitar consumir alimentos gordurosos pelo menos 4 horas antes da doação, além de evitar ficar em jejum. Por isso, é recomendado que se faça uma refeição leve antes de doar sangue e após a doação, faça um lanche depois, que normalmente é fornecido no local da doação. Além disso, é indicado beber bastante líquidos, não fumar pelo menos 2 horas após a doação e não realizar atividades físicas muito intensas, pois pode haver risco de desmaio, por exemplo.

 

Tabela de compatibilidade para doação de sangue

 

     A tabela a seguir mostra para quem se pode doar sangue e de quem se pode receber:

 

 

UMA GOTA PODE FAZER PULSAR UMA VIDA!

Você sabe quantas gotas de sangue são necessárias para te manter vivo? A mesma quantidade para salvar uma vida! Você não pode dar tudo o que tem para salvar alguém, mas pode ajudar a completar o que falta. SEJA A GOTA QUE FALTA!

 

Fonte: Bianca Oliveira de Carvalho – Assessora do Cartório do 1º Ofício de Barra do Garças/MT