FONTE — Associação dos Registradores de Imóvel do Paraná (ARIPAR)
Aripar aprova termo de cooperação para ampliar tecnologia nos registros de imóveis
12/04/2019 às 17:32

     Com o objetivo de facilitar o acesso dos usuários aos serviços do Registro de Imóveis e melhorar o ambiente de negócios do setor, a Associação dos Registradores de Imóvel do Paraná (ARIPAR) aprovou a realização de investimentos para desenvolvimento conjunto com outros Estados de ferramentas tecnológicas aplicadas ao serviço registral. A decisão, por unanimidade, foi tomada após debates em assembleia geral da entidade no último dia 05 de abril, durante o Encontro dos Registradores Imobiliários do Paraná 2019, realizado na cidade de Foz do Iguaçu (PR).

     Essas medidas vão permitir a modernização dos módulos atuais da Central de Serviços Eletrônicos, o estabelecimento de padrões de interoperabilidade de sistemas, a adequação às necessidades locais e a aproximação dos serviços ao usuário. A padronização dos modelos de certidão, por exemplo, propiciará o aumento da segurança, pela possibilidade de confirmação de autenticidade online de todas as certidões. A maximização dos meios eletrônicos também auxilia na redução de despesas acessórias, como serviços postais, despachantes, entre outros, não só pela certidão eletrônica, mas também pela possibilidade do protocolo de documentos digitais.

     Para o presidente da Aripar, Gabriel F. do Amaral, os investimentos realizados pela Associação serão fundamentais para o avanço da atividade, permitindo que as serventias consigam atender à demanda da sociedade com maior agilidade nos processos. “Nosso trabalho está relacionado à segurança jurídica. A sociedade requer modernidade, requer a facilidade de resolver problemas com celeridade, e nós precisamos investir tempo e recursos para não só atender as demandas presentes. É preciso, como fazem as empresas de sucesso, que já tenhamos em desenvolvimento os serviços e ferramentas que serão disponibilizados para atender as demandas do futuro”.

     “Gostaríamos de já ter em o Operador Nacional do Registro (ONR) em atividade. Enquanto isso não acontece, vamos unir nossos esforços com os colegas de outros Estados para a modernização do Registro de Imóveis brasileiro. Hoje, com a assinatura do Termo de Cooperação, estamos caminhando com registradores de Estados que representam 62% do PIB nacional. O trabalho em conjunto é fundamental para potencializar o alcance da publicidade registral”, explica o Diretor de Tecnologia da Associação dos Registradores de Imóveis do Estado do Rio de Janeiro (ARIRJ), Sérgio Ávila Doria Martins.

     Na visão da Coordenadora de Estatísticas, Pesquisas e Desburocratização da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (ARISP), Patricia André de Camargo Ferraz, é fundamental para o Registro de Imóveis que os registradores estejam unidos e bem coordenados para cumprir sua missão constitucional. “O mercado exige esse comprometimento de nossa parte. Obviamente, a segurança jurídica é importante, mas a sociedade precisa de um serviço que vá além dela. E um exemplo desse comprometimento é a parceria com o Ministério da Economia que resultou no lançamento dos Indicadores do Registro de Imóveis do Brasil, muito bem recepcionados na imprensa especializada e com grande impacto para a melhoria da posição do Brasil no relatório Doing Business, do Banco Mundial, contribuindo para o aprimoramento do ambiente de negócios no país”. Os relatórios periódicos podem ser acessados no site https://www.registroimobiliario.org.br/portal-estatistico-registral.

Foco no usuário

     Os registradores imobiliários também dedicaram sua atenção à exposição da Oficial do 2º Serviço de Registro de Imóveis de Curitiba, sobre a importância de adotar uma postura empresarial na gestão dos cartórios. Estabelecer o fluxograma dos serviços, fixar prazos para a execução dos mesmos, definir objetivos e metas é fundamental para o aperfeiçoamento das atividades, pois o gerenciamento dos processos é a ferramenta para a melhoria contínua. “Não importa qual o porte do cartório ou o número de colaboradores, todos os registradores devem utilizar mecanismos de organização e gestão a fim de padronizar procedimentos internos, melhorar seus prazos e aprimorar as formas de atendimento. Além do refinamento dos processos de cada cartório, é preciso entender qual a prioridade dos usuários do serviço. Realizar pesquisas de opinião e possuir ferramentas de comunicação com o público é essencial para alcançar a qualidade desejada pelo destinatário do serviço. O foco deve ser a satisfação do usuário e o aprimoramento contínuo das atividades”, salientou a diretora de Gestão e Qualidade da Aripar, Mariana Carvalho Pozenato Martins. 

Voltar para o topo

Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso

Rua Holanda, 47, Bairro Santa Rosa, Cuiabá-MT - CEP: 78040-225
Telefone: (65) 3644-8373 / (65) 3644-6213 / (65) 3023-4371 / (65) 8463-2948
FAX: (65) 3644-7634
Superintendente: (65) 8463-2950
E-mail: anoregmt@anoregmt.org.br, presidencia@anoregmt.org.br
Horário de atendimento: 08h às 17h

©2018 ANOREG/MT. Todos os direitos reservados

Voltar para o topo